Policarbonato: Veja os Benefícios Para a Sua Construção

Policarbonato: Veja os Benefícios Para a Sua Construção

Atualmente, o policarbonato é um dos materiais mais utilizados em diferentes tipos de projetos. A construção civil evoluiu muito, com isso trouxe materiais de alta qualidade que apresentam excelente custo-benefício.

Um deles é o policarbonato, um material que chega a ser 30 vezes mais resistente do que o acrílico e duzentas vezes mais do que o vidro.

Por conta disso, ele tem sido amplamente utilizado em soluções diferentes para a construção, pois também é resistente a choques e colisões, sendo ao mesmo tempo flexível.

A indústria de proteção e segurança também vem usando esse material, que se tornou o ‘queridinho’ entre os profissionais de arquitetura.

Alguns exemplos de sua aplicação são em garagens, jardins de inverno e até estufas. Tudo porque ele permite a cobertura de uma área, sem perder a luminosidade natural durante o dia.

O policarbonato tem a capacidade de valorizar o espaço, a luz do sol e, ao mesmo tempo, proteger ambientes que não podem ficar expostos às chuvas.

Além disso, outro benefício é que o policarbonato está disponível em muitas cores, para melhor personalização do ambiente.

Neste artigo, vamos falar sobre o que é esse material, suas vantagens e as possibilidades de uso que ele oferece.

O que é policarbonato?

Policarbonato é um tipo de plástico derivado de resinas de carbono. Ele amolece ao ser aquecido e endurece ao ser resfriado, o que permite criar curvas e outros formatos.

Essa flexibilidade não necessita do uso de emendas, possuindo alta resistência mecânica e baixo peso. Por conta disso, também é conhecido como termoplástico.

Antigamente, muitas empresas do setor industrial procuravam por cobertura em policarbonato preço para seus espaços e também para garantir a segurança de seus colaboradores.

Atualmente, ele é largamente usado em projetos de arquitetura e em muitos espaços diferentes. Um exemplo disso é a presença deles em locais com piscinas, afinal o policarbonato consegue manter uma boa temperatura e permitir a entrada de luz solar.

Além de coberturas, o material também é indicado para fechamento de vãos e laterais que exijam a iluminação natural. Isso se dá por conta de sua transparência e alta resistência a impactos.

No mercado, esse material é amplamente encontrado em formato de chapas ou telhas. Seus tipos mais comuns são:

Chapa compacta

Placas lisas, espessas e translúcidas, que permitem a entrada de até 90% da luz solar. A chapa compacta pode ser aplicada, por exemplo, em um toldo de policarbonato.

Chapas alveolares

Placas com aparência de vidro canelado, leves e menos translúcidas do que a anterior.

Chapas refletivas

São mais compactas e recebem um composto químico durante sua fabricação para melhorar a eficiência térmica. Com isso, elas são capazes de refletir até 30% da energia solar.

Outro ponto que as diferencia é o fato de poderem ser onduladas ou trapezoidais. Suas dimensões variam de acordo com cada tipo de policarbonato e também com as especificações do projeto.

Na construção urbana, é comum encontrar esse material sendo usado em pontos de ônibus e esquadrias fixas do metrô.

As empresas de arquitetura que cuidam desses projetos usam o policarbonato que recebe um banho de resina durante a sua fabricação. Isso cria uma película anti riscos que o torna muito mais resistente.

Como escolher o tipo ideal

Com tantas opções, é normal ter alguma dúvida na hora de escolher qual delas fará parte do projeto. Só que é importante fazer algumas análises antes de tomar uma decisão.

Primeiro é importante definir qual é a finalidade do espaço a ser protegido. Algumas questões que devem ser consideradas neste espaço também são:

  • Necessidade de luminosidade;
  • Altura do pé-direito;
  • Existência de ventilação;
  • Necessidade de privacidade.

É comum confundir cobertura de vidro com policarbonato, mas, veja bem, este último é mais indicado para espaços onde não há ventilação – isso porque ele traz mais conforto térmico do que o vidro.

Se é necessário entrar luz, mas a privacidade deve ser mantida, o mais recomendável é o policarbonato compacto, ao invés do alveolar, por exemplo.

Como deve ser instalado

A instalação do material deve sempre ser feita com mão de obra especializada. Isso se deve à necessidade de uso de algumas ferramentas específicas e também de formas corretas de manuseio.

Ao ser aplicado em uma estufa de secagem, por exemplo, oferece uma estrutura mais leve do que o vidro, além de deixá-lo menos robusto e mais moderno.

É importante ressaltar, também, que caso seja aplicado em locais com muita poluição ou necessidade de limpeza constante, é necessário aplicar uma película anti-abrasiva. Inclusive, é possível encontrá-la disponível já com esta proteção.

Como limpar

Para limpar policarbonato, água e sabão neutro são o suficiente.

O uso de abrasivos ou alcalinos não é recomendável, pois esses materiais podem modificar as características naturais do material.

Vantagens do policarbonato

Por ser um material versátil e que pode ser aplicado em muitas finalidades, o policarbonato traz muitas vantagens. Algumas delas são:

Alta resistência

O policarbonato pode ser considerado um material inquebrável, podendo, inclusive, substituir o telhado em muitos locais.

Fácil manipulação

A instalação e manipulação desse material é muito mais simples e fácil do que de outros. Ele é bastante aplicado em galpão industrial, porque se molda facilmente ao projeto.

Baixo peso

As chapas de policarbonato pesam a metade das chapas de vidro, e as alveolares são ainda mais leves. A estrutura em si fica toda mais leve, o que representa muita economia para a construção.

Manutenção

A manutenção desse material é mínima, portanto, mais econômica.

Economia de energia

Ter um ambiente coberto com policarbonato é uma garantia de muito mais economia de energia, pois o espaço aproveita a luz natural durante o dia todo.

Não propaga chama

Trata-se de um material auto-extinguível, isso evita a propagação do fogo, além de gerar gases menos tóxicos. Também dispensa mais recursos contra incêndios.

Proteção anti-UV

Quando usadas em coberturas, as chapas de policarbonato possuem ação contra os raios ultravioleta, mesmo mantendo a transparência e resistência ao sol.

Versatilidade

As estruturas para fixação podem ser feitas de vários materiais, como alumínio, aço ou madeira.

Boa aparência

Um projeto arquitetônico residencial que conte com o uso dessas chapas possui um apelo estético muito melhor.

Possibilidades de uso

O uso de estruturas de policarbonato pode proporcionar, até mesmo, momentos agradáveis, como poder observar as estrelas em um jardim de inverno, ou curtir a luz do sol em uma piscina, sempre protegido dos raios ultravioletas.

Para isso, algumas das dicas de uso são:

Garagens

O policarbonato pode ser usado para cobrir a garagem, independentemente de seu tamanho.

Juntamente com uma empresa de estrutura metálica para instalar essa cobertura, é possível aproveitar a luz natural e proteger a lataria dos veículos.

Coberturas internas

As construções sustentáveis estão em alta, então quanto mais energia alguém puder economizar, melhor.

É possível fazer coberturas internas com policarbonato em muitos ambientes, como jardins de inverno e sacadas.

Nesses locais, é fundamental a presença de luz solar durante o dia, principalmente onde tem plantas.

É uma maneira de preservá-las e ainda poder mobiliar esses espaços, sem correr o risco de danificar os móveis por causa da chuva.

Cobertura de piscinas

As piscinas são locais de lazer e prática de atividades físicas em que a presença do sol é indispensável.

É possível usar as chapas de policarbonato nesses ambientes, inclusive com estrutura para abrir e fechar.

Dessa maneira, em dias ensolarados é possível manter o espaço aberto e fechá-lo durante a noite, ou sempre que desejar. Em dias de chuva também será possível curtir a piscina sem preocupações.

Estufas

O vidro vem, gradativamente, sendo substituído pelo policarbonato na cobertura das estufas, pois é um material mais leve e econômico.

Ele faz com que as plantas recebam a luz solar que precisam, sem serem afetadas pelos raios UV que podem prejudicá-las.

A sensação térmica também melhora muito, além disso o investimento é muito mais baixo.

Entradas e passagens

Muitos projetos precisam do auxílio de uma cobertura entre o portão de entrada e a porta do imóvel. Em dias de chuva, pode ser um transtorno fazer esse trajeto.

Com as chapas de policarbonato, toda a passagem e entrada dos imóveis ficam protegidas nos dias de chuva, sem prejudicar a iluminação.

Policarbonato – Conclusão

Construir um imóvel, residencial ou comercial, requer muito cuidado na escolha dos materiais, principalmente quando ele é destinado às coberturas e vãos.

No mercado, muitas opções estão disponíveis, mas poucas oferecem as vantagens do policarbonato.

É um produto sofisticado e que oferece um excelente custo-benefício, além de possuir tipos adequados para cada necessidade.

Sua variedade de cores também ajuda a personalizar melhor os ambientes e trazer mais conforto para o imóvel.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Leia Também:

Automação Industrial: Qual a Importância Dela na Sociedade?

Maria J. Vilich

Maria J. Vilich

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.